Tags

, ,


Esta dica de hoje é bem diferente das que eu trouxe para vocês. Trago seis resenhas sobre seis curtas criados por Ma Zi Hu em homenagem ao Dia dos Namorados de 2012. Acredito que ele estava inspirado e desejava mostrar a importância do amor, o modo como o amor influencia na vida e a forma como devemos lidar com ele, em todas as circunstâncias possíveis. O melhor é que todas as situações nos curtas acabam ocorrendo dado ao jogo verdade ou consequência.

Eu amo coisas românticas e juntando isso a curtas, fico completamente apaixonada. Hoje trago seis curtas bem emocionantes e românticos criados por Ma Zi Hu.

Cada curta possui uma história que varia de 15 a 20 minutos. Não são longos e sempre deixam com gostinho de mais, sabem como é isso, não é? A magia desses curtas, acredito, que seja demonstrar a temporaneidade do amor, a delicadeza dos sentimentos e a forma como podemos estar sempre no controle da situação, mas acabamos nos deixando em segundo plano por medo. Medo de sofrer, mas ficar apenas observando não nos faz sofrer também?

A primeira história é:

Shanghai Love Story

É uma linda história que começa com uma maravilhosa musica francesa. Essa história é bem fofa, e foi especialmente dedicada ao dia dos namorados.

Demonstra o amor de uma mulher pelo garçom de um bar e o modo como ele vive hesitando em aceitar o amor dela, mesmo a amando.

A mensagem que ela fala é sobre não esperar para se declarar a pessoa amada, pois pode ser tarde demais. Ela nos encoraja a sermos mais seguros. Se está apaixonado, vá e diga. Não espere o amanhã e nem hesite diante das circunstâncias.

Ver: Viki

Chong Qing Love Story

Esta é a segunda história de amor. O inicio é sobre a temporaneidade do amor, não por ser passageiro, mas sim pelas pessoas.

O curto acaba mostrando o romance entre duas pessoas que tinham um acordo de se separarem três meses depois que começassem a sair, já que o homem possui um lema: se separar enquanto o amor está lindo e fresco para ter boas memórias.

Esta história é muito fofa porque acaba nos incentivando a ir atrás do amor. Ir atrás de aventuras para tê-lo e não ficar apenas sendo um espectador. Ele acaba terminando com uma pergunta:

Você é capaz de ter uma aventura pelo seu amor?

Ver: Viki

Beijing Love Story

Eu não sei bem o que falar dessa história. Poderia dizer que é triste, mas também posso dizer que é linda.

É o tipo de história que nos incentiva a ir atrás, a correr os riscos. Porque algo pode acontecer e podemos nos perguntar.. Se eu tivesse ido (ou feito aquilo) será que tudo seria assim no final? Será que eu estaria com ele (a) ou se estaria feliz?

Por mais que a história seja..diferente..ela tem sua magia.

O curta conta a história de um homem que acaba recebendo o desafio de pedir o telefone de uma mulher em um bar, mas ela nega e após ele ir atrás dela. Ela simplesmente vai embora sem dar nenhum numero, entretanto eles voltam a se reencontrar um mês depois.

Ver: Viki

QingDao Love Story

Uma história meiga em que o filho vê no passado amoroso dos pais, a forma de ser feliz em seu relacionamento.

Não há muitas confusões ou dramas neste curta, apenas um filho que retorna pra casa e encontra seus pais “brigados” pelo simples fato de uma estudante estar dando em cima do seu pai. E em uma brincadeira de verdade e consequência, o passo surge trazendo recordações.

Ver: Viki

Truth Or Dare – Finale

Este é o ultimo curta, e traz uma história gay. A história de dois homens que aprendem a lidar de uma forma funcional o relacionamento deles com de seus amigos e familiares.

A história é sobre duas pessoas, cujos pais são amigos, e por um acaso acabam se conhecendo e um ajudo o outro com um relacionamento antigo. A forma como eles acabam se relacionando é muito delicada, já que um acaba ajudando o outro e com isso cria-se uma relação mais forte entre eles.

Ver: Viki

Anúncios