Tags

, , , ,


  • Título: Gap Dong/ 갑동이 / Gapdongi
  • Gênero: crime, mistério, melodrama
  • Transmissão: 11 de Abril – 21 de Junho
  • Episódios: 20

Quem me conhece sabe que amo filmes com assassinos em série. Não me pergunte o motivo, mas psicopatas me fascinam pela sua forma de pensar totalmente racional e sem sentimentos. E nisso..Gap Dong conseguiu ser perfeito. Ele conseguiu mostrar um drama voltado não apenas para a investigação, mas para o lado do assassino (seus pensamentos, modus operandi).

Mas vamos falar sobre o drama? Preparados porque acho que irão surtar tanto quanto eu surtei em todos os episódios seja por raiva, por felicidade ou compartilhando o sentimento de vitória com eles.

Gap Dong é um drama que conseguiu ser dividido em duas partes, onde cada uma delas explorou um Gap Dong diferente (um assassino em série de Iltan (a cidade onde tudo acontece) considerando todos os elementos essenciais desde o motivo de sua sede por assassinato ate a sua possível humanização). O drama traz dois Gap Dong, sendo que um é o original e o outro é o imitador, ou seja, é um jovem que vê em Gap Dong um Deus e se inspira nele e por isso comete os assassinatos.

O melhor desse drama é que em todos os episódios á referencias a outros filmes de assassinos em série; livros clássicos sobre assassinato e culpa como o a obra Crime e Castigo; a assassinos famosos e a livros sobre psicopatas, o que acaba nos deixando ainda mais entregues ao drama. Uma referencia muito forte no drama é o silêncio dos inocentes que para quem não sabe é a história de Hannibal Lecter.

Para que entendam a história corretamente:a história central desse drama gira em torno da caçada desenfreada dos policias pelo assassino de Iltan, chamado de Gap Dong, um homem que mata as mulheres e as violenta (algumas pelo que entendi) sempre deixando a sua assinatura, amarradas com um nó de pesca seja com a sua peça intima, cachecol…fio eletrico.. qualquer coisa. Há 20 anos atrás o policial Yang fez de tudo para capturar Gap Dong ate desistiu de sua familia para isso, mas nada conseguiu. Em meio ao caminho do monstro ele tornou-se famoso e ficou bem sucedido na carreira policial mesmo não pegando o assassino que aterrorizou Iltan.

Por culpa de Gap Dong e de Yang (na verdade em sua loucura em pegá-lo não se importando em extrapolar os meios usados) muitas pessoas acabam sofrendo, se matando e desistindo de sua sanidade, e é ai que entra um personagem importante para a trama, o nosso querido Oska de Secret Garden o Monge Louco ou Ha Moo Yeon (o  Policial Ha). Ele foi o filho de um dos suspeitos em potencial de ser Gap Dong, mas o seu pai tinha problemas mentais, e infelizmente não acabou muito bem essa história já que seu pai se mata para proteger o filho do policial Yang, já que ele vivia ameaçando-o para que confesse os crimes. O policial Ha promete a si mesmo que irá pegar Gap Dong para mostrar a inocência de seu pai.

O segundo Gap Dong é um jovem que sempre foi fascinado pela história do assassino em série. Ele aparece 20 anos depois, quando todos ainda tremiam ao se lembrar do terrível assassino de Iltan, e ao sair do reformatório começa a se envolver com todas as pessoas envolvidas. Logo no início esse segundo Gap Dong, que é mostrado no inicio como sendo o jovem Ryu Tae Oh, demostra não possuir medo e se divertir ao caçar as suas vítimas, entretanto ao inverso dos assassinos em série que estamos acostumados a ver, ele possuí um motivo concreto por estar fazendo aquilo. Para ele, matar as mulheres poderia libertá-lo de seu desejo obscuro. Um desejo que ele descobriu ter quando criança. (um desejo que é segredo rsrs)

Uma coisa que ficou bem clara no drama, além de tudo que comentei, foi a critica muito forte que fizeram sobre as leis da Coréia. Leis sobre prescrição de crimes sobre assassinato e pena de morte. E também sobre o comportamento incomum, atipico, dos psicopatas. Sempre deixando claro que psicopatas apesar de tudo são seres humanos e como tal podem cometer erros e ter “sentimentos” (mesmo que para isso tenha que ter aulas..).

E agora você me pergunta… Esse drama não é muito estranho, assustador de alguma forma e angustiante? E eu respondo.. Não. Ele é incrível e e você parar aqui e for assistir, eu não irei ficar brava, na verdade vou ate gostar, mas se não estão ainda convencido (a) de que este é um drama esplêndido pode continuar a leitura…

Como já tinha dito o drama possui duas grandes fases, que são:

1 – Nessa fase podemos sentir um pouco de raiva dada as situações, ações bem idiotas dos policiais e dos comportamentos dos personagens, mas tudo acaba sendo explicado de forma que conseguimos entender porque cada um tomou aquele rumo. Aqui um personagem acaba aparecendo apos mostrar o terror que o verdadeiro Gap Dong instalou em Iltan. Ryu Tae Oh aparece como um psicopata fascinado por Gap Dong que acaba escondendo um passado com o policial Ha.

2 – Na segunda fase, a qual começa lá pelo episódio 8 ou 9 (ou seria 11?) a atmosfera do drama é totalmente modificada. Antes sabiamos quem era o vilão, o mocinho, tudo estava perfeitamente separado, mas agora… o vilã torna-se o mocinho, e o mocinho o vilão. Tudo fica ainda mais confuso e maravilhosamente instigante. A cada segundo ficamos em dúvida para quem devemos torcer e quem devemos rezar para que acabe sendo pego. Nesta fase também é mostrado o romance do Policial Ha, e o modo que isso influencia nas investigações e em sua propria vida.

Há muitos personagens importantes para a trama, mas infelizmente só poderei comentar sobre os “mais” importantes sempre tendo cuidado com o spoiler, afinal é um drama de suspense.. preciso ter todo o cuidado do mundo.

Personagens

HA MOO-YEOM

O nosso policial Ha, ou Monge Louco, como é popularmente conhecido… A história dele é bem triste, pois Gap Dong foi o “culpado” pela maioria das miserias pelo que passou. O seu pai, tem problemas mentais, acaba sendo acusado dos crimes por Gap Dong, e por isso..Ha Moo Yeom promete a si mesmo e aos demais que irá caçar Gap Dong e prende-lo, e para isso ele se torna um policial. Tudo poderia ser perfeito se ele não fosse realmente louco e fizesse de tudo para levar tanto o Gap Dong 1 quanto o 2 para a prisão.

O que mais gostei nesse personagem foi sua sagacidade. Ele pensava de forma normal, ou seja, seus pensamentos eram criticos e visavam não a enrolação do drama, mas sim o desenvolvimento dinâmico do mesmo. Ele protegia a todos, apesar de não levar em conta a si mesmo quando o quesito era proteção. Monge Louco realmente conseguia ficar louco para proteger as pessoas que amava e todos de sua cidade.

Gap Dong 2 – Ryu Tae Oh

O que falar desse maravilhoso psicopata que apenas queria ser amado? Posso dizer que eu amei ele em todos os seus momentos (tantos os de terror quanto os de redenção). Esse personagem conseguiu atrair a minha atenção logo nos primeiros episódios em que é mostrado como um “Jovem problemático” para depois ser mostrado como um psicopata que não possui sentimentos por ninguém.

Sempre mostrado como Gap Dong 2 ou imitador do original, Ryu Tae Oh começa a refazer todos os assassinatos cometidos 20 anos atrás, imitando em seus minimos detalhes, o que acaba deixando todos apreensivos e curiosos para saber o motivo dele estar fazendo isso.

Desde pequeno Ryu Tae Oh se viu envolvido em uma morte, e foi ai que sua obsessão por Gap Dong começou. Ryu Tae Oh não é mostrado como um louco qualquer que apenas vê em um assassino um principio para viver. Ele vê em Gap Dong uma saida para o seu desejo constante de matar. A verdade é que esse personagem não era tão cruel como se imaginava, ele apenas queria ser normal e estava disposto a matar quantas pessoas fosse necessária para descobrir o segredo de Gap Dong: como ele conseguiu parar de matar por 20 anos. Isso era que dava motivação a Ryu a continuar matando vitima após vitima.

Admito que ele foi o meu personagem favorito da trama, não por ele ser famoso (porque eu nem o conhecia antes desse drama), mas sim pela sua atuação e pela forma do seu personagem. O modo como seu personagem buscava se entender e compreender o motivo de ser diferente das outras pessoas assim como encontrar-se nas outras pessoas. Já que para mim.. o que ele mais queria era ser aceito como uma pessoa normal. Ser amado, amar e viver sem culpa (se bem que acho que ele nem sentia muita culpa pelas coisas.. mas enfim..)

Dra Oh Maria

Ela foi um personagem que me deixou dividida, pois seu personagem pode-se dizer que foi dividido em duas fases: a primeira em que a odiamos por não entender seu comportamento auto destrutivo e egoista, e a segunda fase onde podemos enxergar quem é a verdade Dra Oh Maria, e ver o quanto ela estava disposta a fazer, e a ir, para prender Gap Dong.

Maria é uma psiquiatra que acaba “entrando” na trama de forma extremamente calculada (tanto por ela quanto pelo destino). Ela é responsavel por acompanhar as pessoas que estão presas em uma clinica para prisioneiros com problemas mentais, e por estar neste lugar, onde acaba acontecendo as maiores intrigas e onde surge o nome de Gap Dong (20 anos depois que ele sumiu), ela acaba se encontrando com Monge Louco e entrando cada vez mais fundo no mundo dos psicopatas. Um mundo que lhe dá medo, e ao mesmo tempo pode lhe dar a libertação que tanto deseja.

Admito que em muito momentos, depois que descobri o motivo dela ter feito tudo o que fez na primeira fase, eu cheguei a sentir uma compaixão por ela, pois ela estava disposta a sacrificar tudo assim como Monge Louco por perdão (perdão a si mesma e Gap Dong, de certa forma) e por vingança.

Policial Yang

Esse policial foi responsável a 20 anos por acabar com a vida de muitas pessoas, ao acusá-as de serem Gap Dong. Policial Yang é sempre mostrado como um homem que poem o dever de ser policial a frente de sua familia e de todos os seus desejos. Um homem preenchido pela culpa e pelo arrependimento. Um homem que busca prender Gap Dong para acabar com toda a dor (e ressentimento que tenha por si mesmo). O personagem dele é determinado e não pensa nas consequências de seus atos, pois para ele tudo pode ser perdoado com a prisão do assassino em série. Ele devota a sua vida para prender Gap Dong.

Gap Dong 1 – Segredo

O segredo mais bem guardado desse drama.. mais bem guardado que a formula da coca-cola.. Para descobrir quem é o verdadeiro Gap Dong, assassino e estuprador de mulheres de 20 anos atrás, foi necessário desconfiar de todos os personagens da trama para enfim… descobrir que o psicopata é mais psicopata que imaginavam.

Não posso entrar em muitos detalhes, mas posso afirmar que esse assassino foi mais cruel e louco que poderiamos sequer imaginar.

“Nada é o que parece” – é o que posso falar sobre ele.

Ma Ji Wool

Até agora estou tentando controlar a minha raiva, pois essa foi a personagem que mais me deixou enlouquecida pela sua infantilidade e pelo seu nivel de Stalker e psicose. Ma Ji Wool sempre foi apaixonada por Monge Louco, ok isso estava bem na cara, mas o amor dela era bem infantil. Ela não pensava em Monge Louco, ela apenas queria que ele se apaixonasse por ela assim como ela era apaixonada por ele. E ela não se importava com nada (nem com a sua própria vida) se percebesse o que Monge Louco não a via como mulher, mas apenas como uma irmã.

Ma Ji Wool acaba se tornando uma conexão relevante nos casos do novo Gap Dong ao começar a mostrar em suas histórias online a forma como Gap Dong está matando as pessoas. Seus desenhos dizem em detalhes minuciosos sobre todo o passo a passo do assassino, e é assim que a história o caminho do monstro surgi, e com ela.. toda uma comoção.

 O que mais me deixou fascinada pelo drama foi a forma como abordaram os psicopatas e o método que utilizaram para mostrar a redenção de um assassino. Por isso digo a vocês… se estão vendo apenas pelo ator que fez Ruy Tae Oh, vocês vão mudar de ideia rapidinho e logo se apaixonarão pelo drama tanto quanto eu me apaixonei.. e para os que ainda não foram fisgados.. só tenho uma coisa a dizer…: Quanto mais tempo demorar para ver, mas tempo estará perdendo de ver um drama com um ótimo roteiro, ótima musica, ótimas atuações e onde o final é ótimo também, na minha opinião.. esse drama não deixou nada a desejar.

Esse drama foi inspirado no caso real de um assassino que atacou a Coréia do Sul matando e estuprando dez mulheres, sendo que esse mesmo caso também inspirou o filme Confession of Murder.

Sinopse:

Um drama envolvente sobre a perseguição da policia de Seul contra um psicopata que é capaz de assassinar, mentir e enganar sem ao menos deixar vestígios. Uma história que mostra o lado mais cruel do ser humano.

20 anos atrás o pai de Moo Yeom foi acusado de ser o serial killer do caso “Gap Dong”. Por causa da opressiva investigação dos detetives, o pai de Moo Yeom se matou. Agora, Moo Yeom é um detetive e trabalha para pegar Gap Dong. O estatuto de limitação expirou para o caso do serial killer, mas Moo Yeom acredita que Gap Dong está morto. Depois que o prazo de prescrição expirou, Gap-Dong aparece mais uma vez. Moo-Yeom sai para pegá-lo uma vez por todas.

Onde Baixar:

SiwonFansub

PuriPuri Fansub

Anúncios