Tags

,


 

 

Por mais incrivel que seja, o filme é realmente doloroso. Não uma dor ruim, mas não deixando de ser triste. Esse filme nos faz pensar sobre o que estamos perdendo da vida ao nos protegermos demais e não viver como realmente queremos. Talvez seja meio profundo, mas é um filme que vale a pena assistir.

Os atores já são bem conhecidos e talvez por isso o filme tenha um certo ar de perfeição. Amei cada cena, cada fala, cada musica.. amei realmente tudo. Provavelmente amei tanto o filme porque foi escrito por Kang Pool, o mesmo que escreveu Hello School Girl (Comentado AQUI) outro filme pelo qual sou apaixonada. Se ainda não viram, aconselho a correr para assistir. Os dois filmes possuem um contexto parecido: Primeiro amor, medo de algo, o envolvimento despretensioso no início e o amor “jovial’.

O filme retrata a vida de duas pessoas:

O homem que não sentia dor e nem emoção. Nam-Soon (Kwon Sang Woo) era desprovido de emoções, e dor, desde que perdeu a sua família. Por mais que ele tenha uma opção de viver de outra forma, ele escolhe viver apanhando, já que ele não sente nada, não é? Então não deveria significar nada, mas não é assim.

Ao mesmo tempo em que ele não sente nada, ele anseia por isso. Anseia por sentir algo novamente, mesmo que seja secretamente. E tudo isso vem a tona quando encontra uma pessoa que sente tudo em dobro. A fofa Dong Hyun (Jung Ryeo Ron).

Dong Hyun ao contrário de Nam-Soon, não pode se ferir e sente demais. Ela tem uma doença em que o seu sangue não coagula corretamente, ou seja, qualquer pequeno sangramento pode faze-la sangrar ate a morte. Ela sempre viveu cheia de cuidados com receio da morte.

Esses dois personagens se encontram de um modo inesperado, já que Nam-Soon é como um “agiota”. Ele trabalha recebendo pedidos de outras pessoas, como resgatar dinheiro (o trabalho que os agiotas fazem) ou apanhar em confusões para ser filmado e a pessoa que o mandou ate lá sair como mocinho. Ele vive a vida enganando e apanhando. Em um dia, ele tem que pegar a divida de Dong Hyun, que por sinal vive uma vida bem sofrida, e após bater em si mesmo, e ela fugir acabam se encontrando novamente, mas agora… ele a salvando.

Poderia continuar falando sobre a história, mas não seria algo bom, não é mesmo?

Dong Hyn e Nam Soon são duas pessoas envoltas de sofrimentos e dor que ao se encontrarem começam a se perguntar se não podem viver de outra forma. Se podem viver uma vida feliz e sem dor.

Espero de coração que assistam e se emocionem com essas duas pessoas que desejam apenas a felicidade em meio a dor.

Sinopse:

Duas doenças que são contrárias e se complementam, é assim que surge o romance entre Nam Soon e Dong Hyun apesar da vida ser contra. Duas pessoas que apenas desejam encontrar algo que possa lhes aquecer apesar do mundo ser doloroso.

Onde Baixar:

Somos Viciados em Doramas

Anúncios